ACESSIBILIDADE MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE TAMANHO DA FONTE:
  • A+
  • A
  • A-
Acessibilidade

Hino de Cristalina

Oh! Como é belo e risonho, Em Cristalina o luar, A lua num manto de sonho,

E quanta estrela a brilhar; Tantas que luzem no céu, De cristais outras também,

Por mistério de Briaréu, Que a mitologia contém! A natureza em festa

Escuta um pinho a gemer, É um cantor em seresta, Chorando o sombrio viver;

Cabeça junto à janela A amada então quer ouvir, E um corpo de jovem donzela,

Ternamente começa a fremir! Oh! Noite cheia de aroma, Argêntea luz, poesia,

A madrugada que assoma, Porvir mui feliz anuncia; Eis a aurora que surge,

Sanguíneos raios de sol, É um novo dia que urge, Nas cores febris do arrebol!

É um novo dia que urge, Nas cores febris do arrebol!